7 dicas de como lidar com a ansiedade: confira!

6 minutos para ler

Vivemos em mundo cheio de dificuldades e desafios, o que muitas vezes tira a nossa paz e confiança. Saber como lidar com a ansiedade é fundamental para não sofrer com esse mal, que incomoda grande parte da população, trazendo angústia, prejudicando a concentração nos afazeres e, até mesmo, provocando uma doença.

Algumas atitudes ajudam a contornar esse sentimento, trazendo mais tranquilidade e equilíbrio para a vida. Como cristão, entendemos que podemos entregar esse problema para Deus, que nos ajudará a superar as nossas dificuldades no cotidiano.

Neste artigo, vamos trazer algumas dicas de como lidar com a ansiedade e vivermos mais tranquilos. Confira nossas sugestões!

1. Tenha uma vida saudável

Um dos primeiros cuidados que uma pessoa pode ter para evitar a ansiedade é ter uma vida saudável. A alimentação deve ser balanceada, com frutas, verduras, cereais e outros alimentos que oferecem o que o corpo necessita. Também é muito importante evitar o excesso de açúcar, carboidratos e alimentos gordurosos, pois eles podem prejudicar a sua saúde.

Lembre-se também de tomar água, algo fundamental para a saúde e que garante a hidratação necessárias todos os dias. Dessa forma, seu cérebro receberá todos os estímulos necessários, sendo mais simples cuidar de sua saúde mental.

Além disso, é fundamental praticar atividades físicas. Os exercícios ajudam a lidar com estados de ansiedade, porque elevam a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer. Por isso, procure uma atividade que seja do seu agrado, como caminhar, nadar, praticar um esporte, e tente manter uma regularidade semanal.

2. Utilize técnicas de relaxamento

Utilizar algumas técnicas de relaxamento também é uma atitude importante. Elas podem ser aplicadas após um dia repleto de atividades, trazendo mais descanso e calma após a agitação. Busque um espaço calmo, deite-se e concentre-se apenas na sua respiração, trazendo um pouco de paz para a sua mente.

O relaxamento, combinado com a respiração diafragmática, ajuda a reduzir a respiração ofegante, a taquicardia e o tremor. É fundamental investir em momentos de descanso, desaceleração e reflexão. Portanto, momentos de silêncio são essenciais para a nossa saúde mental, então, vale a pena separar um espaço diário para esse hábito.

3. Realize uma coisa de cada vez

Pensar em muitas coisas de uma vez só é um dos principais causadores da ansiedade. Muitas vezes, estamos preocupados com o que acontecerá hoje, amanhã, na semana que vem, e nos esquecemos do presente, trazendo uma pressão muito grande para o cotidiano. Para evitar esse acúmulo de responsabilidades, é importante se organizar e definir prioridades.

É importante realizar uma coisa de cada vez, aliviando a sua carga aos poucos. Organize os seus afazeres domésticos e compromissos de maneira lógica e programada. Isso pode ser feito com o auxílio de uma agenda, lista ou até mesmo um aplicativo do celular. Essa divisão das atividades ajuda a reduzir a imprevisibilidade e acumula autoconfiança para seguir com o dia.

 4. Inclua momentos de leitura na sua rotina

A leitura também pode ser utilizada para reduzir os níveis de ansiedade. Quando nos dedicamos a um livro, seja ele do tema que for, é normal se concentrar na história e se esquecer de outros problemas. Desse modo, ler funciona como uma meditação direcionada, em que o pensamento é dirigido para o assunto que está sendo abordado.

O hábito de ler faz com que a nossa mente desligue de todo o contexto externo, relaxando os músculos, acalmando os pensamentos e até a respiração. Por isso, procure livros de qualidade para esse momento, que tragam conteúdos inspiradores e que tragam conhecimentos importantes para a sua vida.

5. Evite pensamentos negativos

Outra dica importante para quem está em uma crise de ansiedade é evitar os pensamentos negativos. É preciso avaliar a dimensão de cada situação de forma cautelosa, analisar se existe uma saída para contornar o problema, verificar se a dificuldade está sendo superdimensionada.

Depois de analisar a situação, é preciso tentar substituir os pensamentos negativos por outras ideias, que sejam mais realistas ou menos catastróficas. Sempre que uma ideia negativa se iniciar, busque algo agradável para mudar a sua forma de pensar.

É claro que esse processo não é simples ou fácil de ser feito, mas é algo fundamental para aliviar a tensão. Os pensamentos e as falas negativas agravam a situação, intensificando as respostas autonômicas, trazendo mal-estar e estresse.

6. Busque ajuda profissional

Se você perceber que está com um problema de ansiedade mais sério, que o acompanha por muito tempo e atrapalha sua vida diariamente, é essencial buscar ajuda profissional. Muitas vezes, essa sensação é causada pela falta de alguma substância em seu organismo, prejudicando o seu cérebro.

O profissional ajuda a identificar quais são as causas do seu estado e trabalha para resolver esses problemas. Desse modo, os tratamentos contribuem para diminuir as crises e trazer mais qualidade de vida, permitindo que você tenha tempo para se recuperar.

7. Entregue a ansiedade para Deus

Essa dificuldade é como um fardo pesado, sendo muito difícil de carregá-la sozinho. Por isso, entregue a ansiedade para Deus, peça que ele o acompanhe nessa caminhada e ajude a lidar com os problemas de sua vida. Muitas vezes, nos esquecemos de entregar nossos problemas nas mãos de Deus, que é capaz de encontrar soluções e oferece paz.

A oração é um dos grandes remédios para essa dificuldade, assim como confiar no Senhor. Quando entregamos os nossos problemas nas mãos de Deus, temos certeza de que Ele atuará em nossas vidas, sabendo que a Sua vontade será cumprida. Como está escrito em Salmos 37:5: “Entregue o teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará”.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas para lidar com a ansiedade. É fundamental buscar ajuda quando você não está conseguindo controlar esse problema sozinho. Não tenha medo ou vergonha de pedir auxílio, pois é mais importante cuidar da sua saúde do que sofrer com essa sensação.

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para seguir nossas páginas no Facebook e no Instagram para receber outras informações relevantes sobre vida cristã e qualidade de vida!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.