Qual a importância e quais os principais cuidados com a saúde mental?

6 minutos para ler

Dores de cabeça, estresse, noites mal dormidas. Esses sintomas podem não aparecer juntos, mas ao menos um deles é frequente em sua vida ou na de alguém que você conhece, certo? Tomar certos cuidados com a saúde mental é fundamental para aqueles que buscam uma vida mais tranquila.

Pensando nisso, preparamos um post especial. Falaremos sobre a importância de buscar esses cuidados para aliviar as obrigações do dia e a dia. Além disso, mostraremos como ações práticas podem ser combinadas à espiritualidade cristã. Acompanhe conosco!

A saúde mental

Muitas pessoas ainda negligenciam a importância de cuidar da saúde mental. “Não tenho tempo para isso”, argumentam. Como esse tipo de dano talvez não se manifeste fisicamente, é comum que se adie o problema — isso se ele for efetivamente reconhecido, para começo de conversa.

Além disso, o preconceito também é recorrente: ninguém quer ser taxado de maluco e perder a companhia de pessoas queridas. Contudo, é preciso derrubar esse tabu e começar a enfrentar o problema. Manter a mente tranquila é fundamental para melhorar todos os outros aspectos da vida.

Os dados sobre o tema são preocupantes: só no Brasil são 12 milhões de depressivos. Uma boa parte dessas pessoas se sente desconfortável para falar sobre os seus problemas ou até mesmo buscar ajuda profissional, então eles perpetuando o incômodo e comprometendo o bem-estar.

Além das preocupações causadas pelo trabalho e pela família, por exemplo, até mesmo o uso exagerado de internet e redes sociais contribui para a elevação da ansiedade e ocorrência de depressão. Portanto, o foco do problema está em diversos lugares ao mesmo tempo, por isso é importante se cuidar. “Mente sã, corpo são”, já dizia a citação latina.

A importância dos cuidados com a saúde mental

Muita gente já conhece os benefícios desses cuidados. Mas como fazer isso, efetivamente? Vamos descobrir!

Evitar transtornos

Investir na saúde mental possibilita que você evite transtornos em todas as áreas da sua vida. Falemos da atuação profissional, por exemplo: ninguém quer ficar perto de um funcionário que está constantemente irritado e desconta sua frustração nos outros.

Do mesmo modo, os efeitos de uma saúde mental prejudicada também afetam os laços afetivos. Amigos, mesmo os mais queridos, podem acabar se distanciando de alguém que esteja sempre mal-humorado ou distante na hora das conversas.

Cuidar da sua saúde mental é, portanto, uma forma de garantir uma mente arejada. Isso é o primeiro passo para evitar transtornos.

Melhorar os relacionamentos

Com a saúde mental em dia, os relacionamentos que você mantém tendem a se tornar menos atribulados e mais leves. É curioso notar como isso funciona como um ciclo: ao tratar as pessoas com respeito, você tende a ter menos problemas de relacionamento — o que contribui diretamente para um bom nível de saúde mental.

Do mesmo modo, é preciso ter uma mente sã para estabelecer e cultivar relacionamentos saudáveis. Por isso, para manter pessoas queridas ao seu redor e até mesmo estabelecer contatos profissionais, é fundamental buscar a saúde mental.

Ter bons resultados em diferentes áreas da vida

Mencionamos as áreas profissionais e afetiva, mas a verdade é que nós mantemos outros tipos de relacionamentos. Isso envolve até mesmo aqueles encontros ocasionais com vizinhos que não conhecemos bem ou até mesmo para lidar com as burocracias do dia a dia.

Imagine que você esteja contestando a sanção governamental em um escritório. Se a sua saúde mental estiver prejudicada, você pode acabar se descontrolando e ofendendo todos ao redor. Podemos concordar que isso não ajudaria muito em sua causa, não é mesmo?

Cuidar da mente garante um comportamento equilibrado e um bom nível de discernimento para buscar bons resultados em diferentes áreas da vida.

Os hábitos que ajudam a cuidar da saúde mental

Agora, mostraremos alguns cuidados práticos para buscar a tranquilidade mental.

Ter momentos para relaxar durante o dia

Por mais atribulada que seja a sua rotina, é possível tirar alguns minutinhos para si mesmo. Guarde esse tempinho para praticar algo que goste, como iniciar a leitura de um novo livro ou assistir a um programa querido na televisão.

Esse tipo de atitude é especialmente interessante quando funciona como uma espécie de recompensa. Cumpriu os seus objetivos do dia? Ótimo! Parabenize a si mesmo com alguns minutos ou horas de uma atividade que seja do seu agrado.

Investir em bons hábitos de alimentação

Evite o excesso de doces, gorduras e sal em suas refeições. Procure manter uma alimentação equilibrada, que reúna verduras, proteínas e alimentos naturais. Comer bem estimula a memória e contribui diretamente para a saúde mental.

Além disso, fica mais fácil se concentrar no trabalho e nos estudos. Preservar as boas lembranças vividas com amigos e familiares, além das conquistas profissionais, é uma ótima maneira de manter a mente sã.

Manter-se ativo

Calma: manter-se ativo não significa trabalhar ou estudar 24 horas para fingir que os problemas simplesmente não existem. Estamos falando dos cuidados do corpo, como exercícios regulares (caminhar por 30 minutos ao menos três vezes na semana, por exemplo), além de gozar de boas noites de sono.

Manter-se fisicamente ativo é uma boa medida para complementar os bons hábitos na hora de se alimentar. Isso evita problemas físicos relacionados ao sedentarismo, que podem desembocar em transtornos mentais sérios.

Meditar

Tirar ao menos dez minutos do seu dia para meditar é outra boa forma de garantir que esteja tudo bem com a sua mente. A prática tira a sua cabeça de uma rotina corrida e faz com que você reserve esse período para entrar em contato consigo mesmo.

Além disso, cristãos não precisam se preocupar com essa sugestão: a meditação não entra em conflito com a Bíblia e pode, perfeitamente, complementar a sua vida espiritual.

Orar

Tão importante quanto cuidar dos hábitos de alimentação e buscar ajuda profissional em casos mais sérios é buscar o contato direto com Deus. Há uma relação direta entre a fé e a superação de adversidades, afinal, como consta no capítulo 32 do livro de Jeremias, não existe nada que seja demasiado difícil para o Criador.

Além daqueles minutinhos para entrar em contato consigo mesmo, é uma ótima ideia reservar um tempinho para orar. A fé e o otimismo serão essenciais para garantir que a alma esteja fortificada o suficiente para vencer as atribulações!

Como pudemos ver no artigo, os cuidados com a saúde mental são fundamentais para manter uma vida equilibrada e fortificar os relacionamentos afetivos e profissionais. A melhor maneira de conduzi-los é combinar atitudes saudáveis com as conversas frequentes com Deus.

Gostou do artigo e quer deixar a sua opinião sobre o tema? Então, deixe o seu comentário e compartilhe conosco os seus pensamentos sobre as melhores maneiras de cuidar da saúde mental!

Posts relacionados

2 thoughts on “Qual a importância e quais os principais cuidados com a saúde mental?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.