loader image

Quem foi João Batista? Conheça a história desse profeta!

4 minutos para ler

Para os cristãos, João Batista tem grande importância, por ser o precursor de Jesus. Ele viveu sua vida anunciando a chegada do Filho de Deus, e foi reconhecido em sua própria época como um homem santo — até mesmo, pelo próprio rei Herodes.

No post, confira por que João Batista é tão importante e quais foram suas origens. Veja, também, os pontos principais de seu ministério e as circunstâncias que levaram à sua morte. Boa leitura!

Quem foi João Batista e por que ele é importante?

Já no Antigo Testamento, em Isaías, 40:3, havia o anúncio de um profeta que prepararia o caminho de Jesus. Em Marcos, 1:1-14, confirmamos que a “voz que clama no deserto” é referência ao último profeta — João Batista —, que veio anunciar os ensinamentos de Deus e preparar o povo para a chegada de Jesus.

Pregando o batismo e a conversão dos pecados, ele se tornou bastante conhecido, alcançando com seus ensinamentos muitas pessoas da Judéia e Jerusalém. Porém, uma de suas principais falas se refere, exatamente, a sua principal missão, anunciar Jesus.

“Depois de mim, vem aquele que é mais forte do que eu. Eu nem sou digno de, abaixando-me, desatar a correia de suas sandálias. Eu vos batizei com água. Ele vos batizará com o Espírito Santo.”

De onde veio João Batista?

Em Lucas, 1:13-17, acompanhamos a passagem da revelação do anjo Gabriel a Zacarias, o sacerdote do templo, sobre o nascimento de seu filho João, apesar de sua esposa, Isabel, ser considerada estéril.

“(…) e terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento, porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe.

E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus, e irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto.”

Outro ponto importante, apresentado no mesmo evangelho, no versículo 36, é que João Batista era parente de Jesus, pois sua mãe, Isabel, era prima de Maria.

Como foi o ministério de João Batista?

Crescendo, João Batista viveu no deserto da Judéia, até que começasse sua pregação por toda a região ao redor do Rio Jordão, batizando a todos e promovendo a conversão dos pecados. Para isso, usava palavras duras, como vemos em Lucas, 3:7-8.

“Dizia, pois, João à multidão que saía para ser batizada por ele: raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira que está para vir? Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento, e não comeceis a dizer em vós mesmos: temos Abraão por pai; porque eu vos digo que até destas pedras pode Deus suscitar filhos a Abraão.”

Em seu ministério, destaca-se também o próprio batismo de Jesus, no qual ele é revelado como o próprio Filho de Deus, conforme Mateus, 3:16-17.

“E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.”

A morte de João

Tendo repreendido o rei Herodes por sua conduta pecadora, ao se casar com a esposa de seu irmão, João foi preso. Porém, o rei tinha medo dele e o protegia. Mas Herodíades, sua esposa, o odiava e, por isso, armou um plano para que ele fosse morto.

Conforme vemos em Marcos, 6:17-29, aproveitando-se que o rei prometera um prêmio à filha dela, Herodíades manda que a moça peça a cabeça de João em uma bandeja. Com isso, ele é decapitado, e seus discípulos resgatam seu corpo e o enterram.

João Batista foi um grande profeta, que pregou o evangelho, alertando a todos de sua época sobre a conversão dos pecados. Sendo morto por um ato de vingança, ainda assim, foi reconhecido como um homem santo em seu tempo e, ainda hoje, é um dos maiores nomes da crença cristã.

Gostou do post? Saiba mais sobre a Bíblia em nossos perfis do Facebook e Instagram!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.